Novidades

06/08/2012 12:14:18

Administradora é 1ª brasileira a ter aparelho auditivo totalmente interno

Cirurgia coloca o equipamento dentro do ouvido do paciente. Técnica não serve para pacientes com surdez total.

Aparelho auditivo totalmente implantável, recém-chegado ao Brasil (Fo Divulgação)

 

Médicos em São Paulo realizaram a primeira cirurgia no Brasil de implante de um novo tipo de aparelho auditivo, que fica totalmente dentro do ouvido do paciente, sem nenhuma parte externa.

A técnica ajuda pessoas como a administradora Maria Toscano Medeiros, que precisa de ajuda de um aparelho para escutar, mas não conseguia se adaptar ao tradicional. “O aparelho externo machuca o ouvido”, disse a primeira paciente a receber o implante no Brasil.

Os dois aparelhos funcionam da mesma forma, amplificando o som que chega ao ouvido. Por isso, não serve para pessoas que têm surdez total – nesses casos, é indicada outra técnica: o implante coclear.

“A condição básica para o paciente fazer a cirurgia é se a pessoa já usou o aparelho externo e gostou do resultado”, explicou Iulo Baraúna, otorrinolaringologista do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, em São Paulo. Ele foi o cirurgião responsável pelo procedimento.

Audição residual

A capacidade de audição de uma pessoa é medida pela intensidade mínima de som que ela consegue ouvir. O normal é começar a perceber o som a partir de 25 decibels.

Pessoas que ouvem apenas sons mais intensos que 25 decibels, mas menos que 40, têm "perda auditiva leve", segundo os médicos. Se escutam apenas a partir de 60 decibels, têm "perda moderada". A partir de 61 decibels, ela é considerada severa. Quem só ouve sons a partir de 80 decibels, não pode fazer a cirurgia a perda de audição já é considerada grave demais.

“O paciente tem que ter, pelo menos, uma audição residual”, resumiu Baraúna. São pessoas com lesões nas células ciliadas internas, responsáveis por captar o som. Se as funções neurais do ouvido tiverem sido afetadas, o aparelho não é indicado.

Maria se encaixava no perfil necessário, com perda auditiva severa. A operação, feita em 9 de fevereiro, foi paga por seu plano de saúde. Se tivesse bancado do próprio bolso, ela teria gastado cerca de R$ 50 mil apenas com o aparelho, sem contar os gastos médicos.

 

Tadeu Meniconi Do G1

Mais Novidades

Não existem mais novidades cadastradas.

Rua Tenente Silveira nº 225 Loja 07 CEP:88010-300 Florianópolis - SC - Telefones: (48) 3224-0960 / 3024-6010 / 3024-6020

Centro Auditivo Chancela © 2012 - Todos os direitos reservados